Você sabe o que é Cloud Computing?

Hoje em dia o cloud server vem sendo utilizado no nosso dia a dia, seja em casa ou por empresas.

Pois, é uma nova maneira de armazenar os seus dados e gerenciar a sua empresa sem precisar depender de um computador.

São muitas as vantagens em se utilizar cloud computing e seus serviços vão muito além do armazenamento.

Portanto, continue lendo o artigo até o final para saber todos os tipos de cloud computing, suas vantagens e como eles funcionam.

O que é e como funciona Cloud Computing?

Cloud computing é um termo utilizado para a computação em nuvem que é uma tecnologia que revolucionou os serviços de TI nos últimos anos.

É a tecnologia que permite o acesso remoto a dados e serviços através da internet. Esse acesso se torna possível por conta da base de dados virtuais.

Antigamente, para se armazenar dados você precisava de uma máquina física e local para ter acesso aos dados que você deseja.

Com a computação em nuvem você passa a disponibilizar esses dados de forma remota, online, para diversos servidores. É uma nova maneira de armazenar dados e executar softwares.

Com a melhora da disponibilidade e acesso à internet, a cloud computing se tornou uma opção excelente, viável e ideal para as principais empresas de TI.

Apesar disso, o formato antigo de armazenamento em disco rígido em máquina local ainda é muito utilizado.

Pois, ele não depende de acesso a internet e de servidores para o armazenamento de todos os dados e disponibilização de arquivos.

Mas, ao mesmo tempo que os dados no cloud computing ficam limitados a ter internet sem ter acesso em modo offline, ao utilizar o método tradicional você fica dependendo da máquina física.

E, nos dias de hoje, é muito fácil estar online e ter acesso a internet em qualquer lugar para acessar o seu servidor e os seus dados que estão armazenados na computação em nuvem.

Quando você utiliza a computação em nuvem, você pode acessar os seus dados pela internet e sem precisar de gastos com software em máquinas.

Em geral, não há muito custo relacionado ao armazenamento em nuvem e o seu acesso, você precisa apenas ter acesso a internet e isso é uma coisa que todos temos para estarmos conectados com o mundo digital e a assinatura de algum serviço em nuvem.

Quais serviços disponibilizados pelo cloud computing?

Você pode ter diversos serviços disponíveis na nuvem. Em geral, esses serviços possuem a vantagem de você pagar simplesmente pelo serviço.

Ou seja, você não paga pelo recurso ou por um dispositivo físico e, sim, pelo serviço que vem junto com a computação em nuvem.

Um dos principais tipos de serviço, como falado anteriormente, é o serviço de armazenamento, ou seja, banco de dados.

Esse serviço torna possível você armazenar e consultar os seus dados quando quiser em uma base, com acesso fácil e remoto, dando conta de muitos dados dependendo do serviço que você contratar.

Mas, além disso, você pode utilizar também o serviço de software, que permite que o usuário acesse diversos softwares sem precisar comprar a sua licença de uso ou até mesmo instalá-los na máquina local.

Há também o serviço de plataforma, que é quando você contrata o serviço para ter uma plataforma completa para você ou para a sua empresa.

Assim, nessa plataforma você tem um banco de dados para armazenamento, segurança digital, suporte a diferentes linguagens, programas, e muito mais.

Há também como ter um serviço parecido com esse, porém de infraestrutura, onde o foco é hardware e máquina virtual.

Portanto, são muitos os tipos de serviços disponibilizados pela computação em nuvem, mas o mais conhecido é, sem dúvidas, o de armazenamento e software.

Um exemplo são os aplicativos de nuvem que vemos online como o OneDrive ou o Google Drive.

Quais os tipos de infraestrutura para cloud computing?

Além dos serviços disponibilizados na computação em nuvem, também existem 3 tipos de infraestruturas existentes nos dias de hoje para fazer esses serviços.

A infraestrutura vai variar de acordo com o controle que o usuário tem sobre o recurso e a exclusividade do serviço.

Portanto, a infraestrutura pode ser pública, privada ou híbrida. A infraestrutura pública é um dos tipos mais populares e com certeza você já utilizou algo desse tipo na sua vida.

Infraestrutura Pública

Nesse tipo de serviço, os recursos da base de dados são divididos entre vários usuários, dividindo assim outras tarefas.

Pois, a gestão e controle dos dados nesses casos não são de responsabilidade própria e, sim, de quem está provendo o serviço a você.

Isso pode ser uma vantagem se você deseja um processo mais simples e gastar menos tempo na gestão de recursos. Além disso, acaba saindo muito em conta.

Infraestrutura Privada

Já a nuvem privada é um tipo de cloud computing que a própria empresa se responsabiliza pela criação, instalação e todo o gerenciamento envolvendo essa base de dados.

Por isso, acaba sendo um serviço mais exclusivo e feito customizado de acordo com as necessidades e interesses da empresa.

Então, exige um investimento que muitos acham que vale a pena por oferecer um melhor serviço.

Infraestrutura Híbrida

A nuvem híbrida é um modelo que mistura características das duas anteriores, sendo mais flexível ao não deixar que a infraestrutura fique limitada a um modelo.

Nesse caso, mistura-se parte dos dados que podem ficar na parte pública da nuvem híbrida, caso não precisem de tanta confidencialidade.

O que for mais importante e precisa de melhor gerenciamento e segurança, pode ser armazenado na parte privada da nuvem.

Conclusão

Portanto, são muitos os tipos de cloud computing e serviços que podem ser feitos através desse modelo de computação.

Ele traz muita praticidade ao tornar possível o acesso a dados e plataformas de maneira remota, garantindo ainda assim sua segurança e tornando tudo mais prático.

Então, basta analisar para você o que vale mais a pena, qual tipo de infraestrutura que mais se encaixa no seu caso e qual é mais vantajosa.

E aí, esse artigo lhe ajudou? Se sim, deixe aqui o seu comentário.

Deixar uma resposta